Revalidação de Diploma Estrangeiro

Olá, Internautas! Tudo bom?

Muita gente vem me perguntando sobre a revalidação do Diploma, em caso da realização de estudos em Mestrado, no exterior. E confesso que as coisas que eu sabia era um pouco por alto. Era só disse e me disse. Jamais havia entrado mais a fundo a respeito. Então resolvi procurar e compartilhas com vocês algumas coisas que descobrir.

Primeiro: Quando chegarmos de Coimbra, já devemos trazer os documentos todos autenticados no Consulado Brasileiro, de Portugal, se eu não me engano, fica situado no Porto;

Segundo: Devemos escolher UMA Universidade Federal do Brasil, que posso o mesmo curso ou similar ao que cursamos em Coimbra. Lembrando que, ao dar entrada na revalidação só podemos escolher uma única Universidade, não podendo dar entrada em várias Universidades ao mesmo tempo.

Terceiro: Em alguns casos a Universidade Brasileira pede que ou façamos alguma exame, prova ou até mesmo defenda, novamente, a nossa tese. Mais isso em caso de alguma dúvida.

Imagem

Abaixo, reescrevo algumas comentários que peguei de diversos artigos, na internet, a respeito do assunto:

“Existe uma diferença entre reconhecer um curso de graduação e um de pós graduação (mestrado e doutorado). No primeiro caso, o processo pode ser um pouco mais complicado, rigoroso, demorado e o pior de tudo, sem garantias de que a resposta será positiva. O segundo também é longo, mas as chances de ser aceito são bem maiores. ” : Leia mais.

 

“1. A Lei nº 9.394/96, a chamada Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, LDB, prevê que diplomas de mestrado e doutorado obtidos no estrangeiro podem ter perfeita validade no Brasil. O artigo 48, especificamente, determina que tais diplomas devam ser objeto de reconhecimento em alguma universidade brasileira que ministre curso na mesma área de conhecimento e em nível de titulação igual ou superior.”: Leia mais

 

Art. 4º A Comissão Especial deverá examinar, entre outros por esta deliberados, os seguintes aspectos:

§ 1º qualificação conferida pelo título e adequação da documentação que o acompanha;

§ 2º correspondência do curso realizado no exterior com o que é oferecido no Brasil.

I – A Comissão Especial poderá solicitar informações ou documentos complementares que, a seu critério, forem considerados necessários ou esclarecedores.

Art 5 º Quando surgirem dúvidas sobre a real equivalência dos estudos realizados no exterior aos correspondentes nacionais, poderá a Comissão Especial solicitar que o requerente submeta-se a exame e provas, destinados a conferir essa equivalência.: Leia mais.

Abaixo, envio links de três Universidades Federais brasileiras, que possuem o sistema de revalidação de diploma estrangeiro:

Universidade de Brasília – UnB

Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ

Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s