Perguntas e Respostas – Por Lidy

1241703859R0eNzY

Olá, leitores queridos! Como andam os preparativos para Coimbra?

Sempre quanto o tópico é sobre perguntas e respostas, coloco pra vocês as dúvidas que muitos me mandam por email, mas, desta vez, irei fazer diferente. Alguns dias atrás, a Lidy me enviou uma pergunta, pelos comentários, no post sobre a Carta de Movitação e achei super pertinente a dúvida dela e acredito que isto deve ser uma dúvida, uma medo de todos. Não coloquei antes, porque tava um pouco ocupada, mas depois me toquei o quão importante foi esse comentário.

Segue abaixo o comentário e a minha respostas:

 

Beijinhos e até Setembro!

_____________________

Oi Re. Vou fazer a minha candidatura agora na segunda fase, e confesso que essa carta está me martirizando. Gostei do exemplo da tua carta, aparentemente mais simples do que eu imaginava. Gostaria de saber qual foi a nota atribuída a ela, para eu ter uma ideia de nível. E outra coisa, você acha que quanto mais formal o texto melhor? Ou que um texto com redação mais pessoal vai influenciar?

Boa viagem!
Bjs
Lidy

_____________________

Oi Lidy, tudo bom?
A nota da minha carta, foi, se eu não me engano de 13 ou 14. Não lembro agora. Eu sei, que na colocação geral, fiquei com quase 14 pontos, em 5ª lugar.
Em relação a carta, acho que vai depender muito de curso para curso. Por exemplo, a área de direito exige uma carta mais formal, com termos do direito bem empregados. A minha área que é a de Marketing está inserida em um contexto mais dinâmico, que pede, em algumas situações algo um pouco mais criativo, uma leitura mais cativante. Eu levei em consideração algumas cartas que me enviaram, e todas apareciam sempre ser as mais breves possíveis. A única coisa que sempre me alertaram era de deixar bem claro, quantas vezes coubesse no texto, que a minha pretensão em Portugal era apenas estudar, e que este estudo serviria de fase para a minha formação acadêmica no Brasil.
Um conselho: Fale quantas vezes for preciso que você quer e vai voltar para o Brasil. Por mais repetido que seja. Por causa dessa crise e da falta de emprego, as universidades portugueses estão pegando no pé de estudantes estrangeiros por causa disso.

A minha opinião em relação a carta é: Seja a pessoa mais verdadeira, não tente enfeitar demais, mas também não deixe tudo muito jogado. Seja breve, mas ao mesmo tempo complete. Explique o porque de Coimbra, o porque deste mestrado. Explique, argumente e demonstre o porque da sua escolha. Como o próprio nome já diz é sua carta de motivação. É ali que você vai deixar o mais claro possível o porque de tudo.

P.S.: Lembre-se que temos direito a apenas uma lauda, para redigir a carta, então, não se empolgue muito com seu texto. Breve e objetiva. Nada mais que isso

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s